(71) 9 9936-0226

(71) 9 9138-2288

(71) 9 9138-2288

contato@sinalbahia.com.br

Acesso Credenciado

Notícias

Vida no Trânsito

Em 2012, Salvador teve 239 acidentes com mortes. Em 2017, o número de vítimas fatais do trânsito caiu para 121, em 116 acidentes, a redução de acidentes chegou a 51% em cinco anos. Em 2018, até setembro foram 81 acidentes com 84 mortes.

Em 2011, a ONU tinha estabelecido uma meta de reduzir as mortes no trânsito em pelo menos 50%, entre de 2010 a 2020. Com o Programa Vida no Trânsito coordenado pelo Ministério da Saúde e implantado em 2013, Salvador já conseguiu com os números de 2012 a 2017 atingir o índice três anos antes do fim do prazo.

O que foi feito para alcançar estes resultados? Segundo especialistas, a resposta é GESTÃO.

Salvador adotou uma série de medidas, entre elas um setor específico de estatísticas, para mapear as vias mais perigosas e implantar soluções. Com a identificação dos pontos críticos e as intervenções nas vias, como alargamento, sinalização, construção de ciclovias e principalmente fiscalização, conseguimos reduzir na metade o número de acidentes e vítimas. A capacitação e melhoria da condição de trabalho dos Agentes de Trânsito, melhorou o quesito abordagens. A fiscalização, tanto com a instalação de radares detectores de velocidade quanto a realização de blitze da Lei Seca também tem um saldo positivo.

O que também podemos notar é a expressiva melhora na postura de motoristas e pedestres, que apesar do fluxo, em algumas localidades como Barra e Rio Vermelho, praticamente não tem registrado ocorrências graves no trânsito.

A segurança no trânsito depende da ação dos Poderes Públicos, mas também da população. Faça a sua parte, obedeça a sinalização, as faixas de pedestres, os limites de velocidade e principalmente as regras quanto a não beber ou usar o celular ao volante